Sobre cristais e pedras… Você sabe o que está comprando?

Por Carol Mendonça com colaboração de Maria Clara Hürner

Você já deve saber que os cristais, além de lindos e sofisticados, são poderosos aliados na energização e harmonização pessoal e de ambientes. São dois em um: te deixam linda e elegante e ainda trazem boas energias.

Porém, muitas dúvidas em relação à procedência e origem das pedras podem surgir na hora da compra e é bom ficar atenta para não levar gato por lebre.

O nome técnico para cristais ou pedras utilizadas para adorno é gema e existem mais de 150 tipos catalogados e estudados pelo Instituto Brasileiro de Gemas e Metais (IBGM). Na verdade, as gemas não se restringem ao universo mineral das pedras, mas abrange também pérolas e marfim por exemplo, considerados gemas orgânicas de origem animal. Agora pode voltar da aula de Ciências pro post…! kkkkk

Chegamos no ponto mais importante para você gravar: as classificações básicas quanto à origem.

as gemas podem ser

São consideradas gemas naturais aquelas inteiramente formadas pela natureza, sem qualquer interferência do homem. Dentre tantas, são exemplos o diamante, a esmeralda, o rubi, a safira, a pedra da lua, o olho de tigre e a turmalina paraíba.

Já as gemas sintéticas são aquelas cristalizadas pela natureza, mas cuja existência foi ocasionada de alguma forma pelo homem. É o caso das pérolas cultivadas e de diversas pedras utilizadas largamente na indústria joalheira, como o próprio diamante ou a esmeralda. Suas propriedades correspondem às das gemas naturais, mas sua origem não é espontânea.

Por fim, temos as gemas artificiais, que são as inventadas e fabricadas pelo homem, sem um correspondente na natureza. A mais conhecida no comércio brasileiro é a zircônia cúbica, chamada simplesmente de zircônia, composta de óxido de zircônio.

Essas classificações, descrições e nomenclaturas, juntamente com as variedades de cores encontradas em cada gema, são previstas em normas técnicas específicas, criadas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e outros orgãos internacionais.

O Brasil é um dos maiores exportadores de cristais e pedras do mundo e alguns deles são muito utilizados na fabricação de acessórios.

Poderia falar de muitos, mas escolhi os mais utilizados em bijoux e jóias. Aí vão eles:

água marinha

Água-marinha (gema natural ou sintética): variedade da gema berilo. É uma pedra extremamente suave e pode ajudar a sair do turbilhão de emoções e a expor o que se sente em palavras. Perfeita para ajudar na comunicação e na exteriorização da criatividade. Há registros de que já nas tumbas de múmias no Egito foram encontradas pedras de água-marinha.

citrino

Citrino (gema natural ou sintética): variedade do quartzo. É uma das melhores pedras para lidar com a autoestima. Sua energia assemelha-se com a do sol, que aquece, conforta, penetra, energiza e dá vida. Por manifestar-se com firmeza, transfere esse senso de certeza interior, ajudando as pessoas que necessitam de confiança e segurança.

ônix

Ônix (gema natural): tem cores distribuídas em faixas retas e paralelas e a preta é a mais apreciada. É muito usada na confecção de camafeus. A cor preta da maioria do ônix encontrado hoje no comércio é obtida por tingimento. Os pretos naturais são extremamente raros e caros, portanto sempre suspeite quando te apresentarem uma pedra enorme dizendo se tratar de ônix preto. Também cuidado para não confundi-lo com o mármore-ônix! Eles são fisicamente bem parecidos, mas absolutamente diferentes no quesito raridade, então procure sempre saber a procedência. O ônix era uma das mais importantes pedras de adorno e de uso terapêutico na antiguidade. Vários povos o tinham como amuleto forte e poderoso. Os romanos consideravam-no pedra de proteção. Quem a usa transmite seriedade, humildade e confiança.

quartzo

Quartzo (gema natural ou sintética): foi, durante séculos, uma das pedras mais desejadas, muito apreciada para fabricação de jóias e bolas de cristal, sendo uma das variedades mais populares e apreciadas de quartzo. Coloca-nos no caminho do aprimoramento, da evolução e do equilíbrio pessoal.

zirconia

Zircônia cúbica (gema artificial): é bastante resistente, lapidada de forma a imitar o diamante e, por isso, geralmente incolor, mas pode ser produzida numa grande variedade de cores. Sua exploração comercial começou nos anos 70 e hoje é uma das gemas mais comuns no mercado.

As minhas escolhas?

Tenho várias em casa, mas as da foto aqui embaixo são ametistaturmalina negrapirita (para atrair prosperidade e sucesso) e quartzo fumê.

cristais

Na correntinha nossa de cada dia, quartzo (bruto mesmo, amo!) e um pingente de água-marinha vintage anos 70, arrematado em um leilão de jóias.

Uma dica: para energizar seus cristais, faça um ritual bem simples. Deixe-os, de 15 em 15 dias, tomando banho de chuva ou sol. No caso do sol, lave-as em água corrente antes.

Beijos,

Carol

Fontes: IBGM e GPRM.

Anúncios

Tags:, , , , , ,

About TOP 25 de Março

Blog da loja. A 25 de Março online. Acesse e boas compras! www.top25demarco.com

One response to “Sobre cristais e pedras… Você sabe o que está comprando?”

  1. haroldo says :

    onde posso comprar joias no bruto, sem banho com essas pedras?
    obrigado. haroldocesarh@hotmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: