Low cost fashion

O consumo de acessórios de moda low cost nunca esteve tão em alta.
Patricia Field, a super stylist novaiorquina e figurinista de Sex and The CityO Diabo Veste Prada (indicada ao Oscar pelo figurino) e Delírios de Consumo de Becky Bloom é proprietária de uma boutique badaladíssima em NYC e sempre esparramou aos quatro ventos que uma de suas fontes de pesquisa e compras para sua loja é a Rua 25 de Março.
Imagem
A Rua 25 de Março, para quem não conhece, fica situada no coração de São Paulo e é considerada um dos maiores centros comerciais da América Latina, reunindo produtos nacionais e importados (estes predominantemente Made in China) de baixo custo.
Imagem
Para o mercado da moda, é o centro fornecedor da grande maioria de bijouterias e acessórios comercializados pelas lojas de todo o país.
Você pode não saber, mas há 99% de chances de que um de seus acessórios tenha vindo da 25, mesmo que você o tenha comprado num shopping ou numa boutique badalada da sua cidade e por um preço que jamais levantaria suspeitas sobre a origem.
A evolução das matérias-primas utilizadas nos produtos e a tecnologia empregada na produção tem garantido uma qualidade e durabilidade muito superior a qual estávamos acostumados e a demanda certamente contribuiu para isso. Ou a evolução criou a demanda? De um jeito ou de outro, nossos cofrinhos agradecem!
Por isso, baby, se jogue sem medo no cheap-chic em suas produções!
Anel pantenra - TOP 25 de Março

Anel pantera e anel múltiplo – top25demarco.com

Como as gringas, que já abusam há tempos de H&M, Topshop e Zara, chega de esconder a sacolinha das redes populares dentro da bolsa: use sem vergonha de citar a fonte. É cool!
Bjos,
Maria Clara Hürner
Anúncios

Wham! – Wake Me Up Before You Go-Go

Pink Lakes

Rochas jamais tocadas que parecem ter sido esculpidas à mão, buracos inexplicáveis no meio de grandes florestas, e a beleza inigualável dos canyons… E se eu te falar que existe um lago rosa chiclete, tipo Nesquik? Um não, vários. Pois é, dá uma olhada…

Imagem inline 3

Totalizando 8, o mais famoso deles é o Hillier, na Austrália, localizado pela primeira vez por volta de 1800, e já descoberto com essa coloração, ou seja, nenhuma interferência do homem foi feita, como poluição por exemplo, para que ele se tornasse rosado.

Imagem inline 2

A visualização feita do ar acentua a cor do lago. Já quando feita no solo, fica mais discreta.

Imagem inline 4
Outro que merece destaque é o Hutt Lagoon, também localizado na Austrália e com alto índice de salinidade. O fotógrafo Steve Back fez uma série de fotos in-crí-veis vistas de cima (os tanques geométricos foram construídos pelo homem!). Take a look
Imagem inline 5

Há quem defenda a tese de que essa coloração se dá por conta de bactérias que produzem pigmentos em tons de rosa, absorvem e utilizam a luz solar para produzir energia, e de outras algas que fazem o mesmo com pigmentos em tons de laranja e amarelo.

Entretanto, outros defendem que a coloração pode ser obtida através da reação da água (com seu alto teor de salinidade) com o bicarbonato de sódio existente na região, ou bactérias vermelhas nas crostas de sal.

Imagem inline 6

E para finalizar, há quem diga que ainda não existe um explicação plausível. Enfim, somos meros adimiradores que desejam compartilhar essas imagens inspiradoras, que parecem ter surgido de um antigo sonho infantil…
Quer saber mais sobre os outros lagos pink? Passa aqui.
Letícia da Costa Barros
Fonte das fotografias: Imagens de internet

Belle de Jour

Belle de Jour

Emma Roberts em estrevista para o Late Night com Jimmy Fallon, na última quinta-feira (8).

O vestido é Three Floor e a sandália Jimmy Choo.

Fonte: Just Jared Jr.

C2C – Happy Ft. D.Martin

C2C – Happy Ft. D.Martin

Direção da incrível Wendy Morgan.

Na playlist da Carol Mendonça.

Sobre cristais e pedras… Você sabe o que está comprando?

Por Carol Mendonça com colaboração de Maria Clara Hürner

Você já deve saber que os cristais, além de lindos e sofisticados, são poderosos aliados na energização e harmonização pessoal e de ambientes. São dois em um: te deixam linda e elegante e ainda trazem boas energias.

Porém, muitas dúvidas em relação à procedência e origem das pedras podem surgir na hora da compra e é bom ficar atenta para não levar gato por lebre.

O nome técnico para cristais ou pedras utilizadas para adorno é gema e existem mais de 150 tipos catalogados e estudados pelo Instituto Brasileiro de Gemas e Metais (IBGM). Na verdade, as gemas não se restringem ao universo mineral das pedras, mas abrange também pérolas e marfim por exemplo, considerados gemas orgânicas de origem animal. Agora pode voltar da aula de Ciências pro post…! kkkkk

Chegamos no ponto mais importante para você gravar: as classificações básicas quanto à origem.

as gemas podem ser

São consideradas gemas naturais aquelas inteiramente formadas pela natureza, sem qualquer interferência do homem. Dentre tantas, são exemplos o diamante, a esmeralda, o rubi, a safira, a pedra da lua, o olho de tigre e a turmalina paraíba.

Já as gemas sintéticas são aquelas cristalizadas pela natureza, mas cuja existência foi ocasionada de alguma forma pelo homem. É o caso das pérolas cultivadas e de diversas pedras utilizadas largamente na indústria joalheira, como o próprio diamante ou a esmeralda. Suas propriedades correspondem às das gemas naturais, mas sua origem não é espontânea.

Por fim, temos as gemas artificiais, que são as inventadas e fabricadas pelo homem, sem um correspondente na natureza. A mais conhecida no comércio brasileiro é a zircônia cúbica, chamada simplesmente de zircônia, composta de óxido de zircônio.

Essas classificações, descrições e nomenclaturas, juntamente com as variedades de cores encontradas em cada gema, são previstas em normas técnicas específicas, criadas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e outros orgãos internacionais.

O Brasil é um dos maiores exportadores de cristais e pedras do mundo e alguns deles são muito utilizados na fabricação de acessórios.

Poderia falar de muitos, mas escolhi os mais utilizados em bijoux e jóias. Aí vão eles:

água marinha

Água-marinha (gema natural ou sintética): variedade da gema berilo. É uma pedra extremamente suave e pode ajudar a sair do turbilhão de emoções e a expor o que se sente em palavras. Perfeita para ajudar na comunicação e na exteriorização da criatividade. Há registros de que já nas tumbas de múmias no Egito foram encontradas pedras de água-marinha.

citrino

Citrino (gema natural ou sintética): variedade do quartzo. É uma das melhores pedras para lidar com a autoestima. Sua energia assemelha-se com a do sol, que aquece, conforta, penetra, energiza e dá vida. Por manifestar-se com firmeza, transfere esse senso de certeza interior, ajudando as pessoas que necessitam de confiança e segurança.

ônix

Ônix (gema natural): tem cores distribuídas em faixas retas e paralelas e a preta é a mais apreciada. É muito usada na confecção de camafeus. A cor preta da maioria do ônix encontrado hoje no comércio é obtida por tingimento. Os pretos naturais são extremamente raros e caros, portanto sempre suspeite quando te apresentarem uma pedra enorme dizendo se tratar de ônix preto. Também cuidado para não confundi-lo com o mármore-ônix! Eles são fisicamente bem parecidos, mas absolutamente diferentes no quesito raridade, então procure sempre saber a procedência. O ônix era uma das mais importantes pedras de adorno e de uso terapêutico na antiguidade. Vários povos o tinham como amuleto forte e poderoso. Os romanos consideravam-no pedra de proteção. Quem a usa transmite seriedade, humildade e confiança.

quartzo

Quartzo (gema natural ou sintética): foi, durante séculos, uma das pedras mais desejadas, muito apreciada para fabricação de jóias e bolas de cristal, sendo uma das variedades mais populares e apreciadas de quartzo. Coloca-nos no caminho do aprimoramento, da evolução e do equilíbrio pessoal.

zirconia

Zircônia cúbica (gema artificial): é bastante resistente, lapidada de forma a imitar o diamante e, por isso, geralmente incolor, mas pode ser produzida numa grande variedade de cores. Sua exploração comercial começou nos anos 70 e hoje é uma das gemas mais comuns no mercado.

As minhas escolhas?

Tenho várias em casa, mas as da foto aqui embaixo são ametistaturmalina negrapirita (para atrair prosperidade e sucesso) e quartzo fumê.

cristais

Na correntinha nossa de cada dia, quartzo (bruto mesmo, amo!) e um pingente de água-marinha vintage anos 70, arrematado em um leilão de jóias.

Uma dica: para energizar seus cristais, faça um ritual bem simples. Deixe-os, de 15 em 15 dias, tomando banho de chuva ou sol. No caso do sol, lave-as em água corrente antes.

Beijos,

Carol

Fontes: IBGM e GPRM.

Feeling good – Nina Simone

A nova cara do blog

Queridas e queridos,

O blog é um dos nossos mais estimados canais de comunicação.

Aqui reunimos tudo que achamos prazeroso conhecer e viver, quer seja em moda, beleza, lifestyle ou cultura.

O lançamento de uma campanha importante, uma foto de uma produção divina, aquela música que não sai da playlist, uma viagem sensacional… Enfim, não há limites.

Por isso, nas últimas semanas estivemos em MODE OFF planejando algumas transformações que o tornarão mais rico para vocês.

Para começar, a decoração… Amarela! Por quê?! Porque energizante, iluminadora, otimista! Vibe lá em cima, como a gente se sente bem!

Bueno, casa arrumada, música na vitrola e é hora de receber a segunda e super mudança:  mais mãos e cabeças pensantes para o blog!

A partir de hoje nossa pauta contará com a colaboração de convidadas que postarão semanalmente sobre o que veem por aí.

Para o kick off, duas estreias TOP: Carolina Mendonça e Letícia Costa Barros.

Lindas, com experiências bacanérrimas em moda, desde a formação profissional até a realização de trabalhos fantásticos.

Em outras palavras, aguardem info ultra atualizada e muitas dicas preciosas.

Vem com a gente conhecer essas belezinhas:

Oi gente! Tudo bem?!

Meu nome é Carol Mendonça, tenho 30 anos e há 12 trabalho com produção de moda.

Comecei a trabalhar com moda bem por acaso… Meu primeiro emprego foi como vendedora de uma grande loja no Natal. Queria fazer uma grana, me divertir e enquanto isso pensar no que seria ‘quando crescesse’.

Me apaixonei completamente pela dinânica do varejo e em 3 meses eu já era assistente de vitrinista, dava pitacos na trilha sonora, pirava com as clientes fazendo mil produções possíveis! Entendi que era no meio daquilo tudo que eu queria estar e daí em diante não parei mais.

Sempre achei que profissional bom é profissional versátil, ‘que joga nas 11’. Com essa premissa, passeei por várias áreas no mercado de moda. Estive em grandes empresas atuando com desenvolvimento de produto feminino, masculino, infantil e linha festa; compras; produção; assessoria de imprensa; trilha sonora para lojas; consultoria em visual de equipes; figurinos para teatro, publicidade e tv; vitrines; visual merchandising e produção de arte.

Na busca por compreensão de como o que acontece no mundo influencia o nosso comportamento e, consequentemente, a moda, resolvi me formar em História.

Hoje, além de tudo o que contei aí em cima (estou sempre fazendo mil coisas ao mesmo tempo!), dou palestras, participo de congressos de moda e comportamento e faço consultorias para a TV Globo (www.carolmendonca.com).

Sim, meus principais interesses são moda, comportamento e artes, mas também amo pesquisar sobre boa alimentação e saúde. Corpo são, mente sã!

Será um prazer estar aqui toda semana trocando ideias com vocês!

See you soon!

Beijos, Carol

carol copy

Segunda-feira já tem cara de new beginning, e com o início da nova fase de um blog então, é empolgação na certa. Uma fascinada por moda decidiu juntar-se a outras duas amantes do tema… Combinação perfeita, hein?! Encontramos a melhor desculpa para falar sobre o assunto.

Me chamo Letícia, tenho 20 anos e nasci no paraíso:  Maceió. Apesar disso, sempre quis ir mais longe e São Paulo foi a minha primeira parada durante dois  anos.

Na temporada paulistana, cursei Moda na Santa Marcelina e estagiei no atelier de Lethícia Bronstein. Me realizei! Acabei voltando à Maceió antes de terminar o curso, mas desenvolvi, e continuo me desenvolvendo, mesmo longe da Meca da moda.

Livros e revistas são atualmente meus maiores professores e sim, eles também ajudam a educar o olhar, além de me manterem atualizada. E, para satisfazer meu desejo de falar sobre moda, criei meu próprio blog no começo desse ano (leticiacostabarros.blogspot.com.br). Ele surgiu como uma válvula de escape e, consequentemente, me mantém atada a esse universo do qual não consigo viver longe!

Voltando a São Paulo, acho que a 25 de Março teve um papel significativo na construção do meu olhar. Sou aquela do tipo ‘bom, bonito e barato’, que adora dar umas voltas na Ladeira Porto Geral, sem hora para ir embora! Quem nunca?!

Então surge o TOP, de quem, coincidentemente, fui uma das primeiras clientes. A seleção do site é simplesmente incrível! Assim, quando apareceu a oportunidade de escrever no blog da loja, achei perfeito, já que seria a chance de falar sobre duas das coisas que mais amo: moda e achadinhos que a gente a-d-o-r-a!

Então here I am, super animada para dividir tudo que vejo de lindo e interessante por aí…

See you soon!

Beijinhos,

Letícia da Costa Barros

blogtop25mar (1)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A despedida das duas com “See you soon!” foi uma coincidência daquelas e decidimos deixar assim como símbolo de harmonia! 😉

Sejam muito bem vindas, Carol e Lica!

Botão MODE ON e bora blogar!

Maria Clara Hürner

Existe um camin…

Existe um caminho que vai dos olhos ao coração sem passar pelo intelecto. | Gilbert Chesterton

Everything Changes – SOJA ft. Falcão of O Rappa

Everything Changes – SOJA ft. Falcão of O Rappa

%d blogueiros gostam disto: